• Glauco Castro

Elas assim, eles...assados! 🤣


SHOPPING... SEMPRE 🤣


- Pai, vamos ao shopping?

- Shopping, filha?... Não sou muito afim não...

- Ah, vamos Zé Carlos... Assim passeamos um pouco com as meninas... – ela reforçou

- A questão é que vocês se empolgam, Bia! Ficam vendo vitrines... Esquecem-se do tempo. Além do mais, me dá sono.

- Sono!!?? Como alguém pode ter sono em um shopping?

- É só deixar esse alguém esperando, por horas, sentado naqueles pufes que as lojas colocam para os maridos que o sono vem. Falo com conhecimento de causa. Vão vocês. Vou ficar por aqui. Tenho algumas coisas para fazer.

- Tem nada! Vai é ficar jogando videogame. Vai... Vamos!

- Ok! Vamos. Mas tenho certeza de que irei me arrepender. Será rápido, pelo menos?

- Sim! Rapidinho!

Constatação: a unidade de tempo feminina não é igual à masculina. Para os homens, 1 hora normalmente é 1 hora. Para elas, 1 hora PODE ser 1 hora. Mas também pode ser duas... Três... Quatro horas. Não se engane...

Sábado à tarde. São Paulo. Shopping. A combinação destes elementos só podia dar em uma coisa: gente! Mas muuuita gente! Gente indo, gente vindo. Gente que não sai da sua frente. Que tropeça em você, dá sacolada sem se dar conta e segue em frente.

- Paiêe, quero ir naquela loja nova. Está em promoção!

- Aquela que na inauguração havia uma fila que começava lá fora do shopping?

- Essa mesma. É uma loja mó legal. Cê não tá entendendo! Toooodo mundo tá indo lá. Cê não tá entendendo! E é barato. Eu vou!

- Marcinha, deve ter uma fila enorme...

- Pára, Zé Carlos... Pode ir, filha..., mas vá com calma. Pesquisa bem antes de comprar alguma coisa.

- Bia, tem noção de como deve estar aquilo lá? Imagine o tempo que vai demorar a...

- Ué, e por acaso estamos com pressa? Vai, filha... A gente vai se falando pelo celular.

- Ah, mãe... Você falou que era rápido. Que a Marcinha só ia comprar uma peça rapidinho!

- Nanda, será rápido. Mal chegamos. Bom... Vamos tomar um café? Ajudará a passar o tempo – ela emendou.

- Ok... É uma boa ideia... vamos. Afinal, um cafezinho é uma boa – ele concordou.

E foram caminhando, sem pressa. Entre uma vitrine e outra, o café foi chegando...

Meia hora depois, já tinham tomado café...e...?

- Bom, vamos dar uma ligada para a Marcinha, para ver como está lá? – lembrou ele.

- Melhor mandar um SMS...

- Ué... Porque, Bia?

- Elas preferem.

- Preferem torpedo a falar?

- É. E não se fala mais torpedo. Agora é SMS.

- Sempre foi SMS. Ou torpedo. É a mesma coisa.

- Pode até ser. Mas é melhor se acostumar a falar SMS. É a linguagem que eles usam hoje.

- Que linguagem? Que eles?

- Os adolescentes.

- E que papo é esse de linguagem? Português é português!!

- Pai, manda um SMS. Ou fala pelo whatsApp.

- Você também, Nanda?

- Manda o SMS, Zé Carlos... bem, estou te dando as dicas...

- Negativo. Vou ligar.

Quatro tentativas. Começou a redigir um SMS...

Ø Filha, como está aí? Demorado? Aqui acabamos o café.

Ø Pai, aki ta indo. C e a mae já tomaram o cafe? Aki vai demorar. Mas ta td bem.

- Minha nossa, Bia, você já viu como elas estão escrevendo?! Tudo errado!

- É a linguagem da internet...

- Lá vem você de novo com esse negócio de linguagem.

Ø Filha, quanto tempo ainda?

Ø Naun sei..., mas to :-D ctz

Ø Não entendi filha, como assim?

Ø Ah, pai, agora naum da para tc, tem mt gnt aki e tb to vendo as roupas. Qdo terminar aviso. Bjo

- E aí, Zé Carlos? Como está lá? Ela vai demorar?

- Eu realmente não sei...

- Bom, vamos dar uma entradinha nessa loja de cosméticos. Vem!

Na entradinha você entra e já ganha uma sacolinha para carregar suas compras. Além do sorriso da vendedora. “- Fique à vontade” ...

Enquanto Bia e Nanda veem itens de maquiagem, só lhe restou ficar passeando pela seção de perfumes.

Olho para o lado e vejo uma placa indicando: “queridinho da semana! O pó compacto HD!!”. Nossa! O que será que é isso?

- Zé Carlos, olha o que eu encontrei!!! – Bia vem radiante! – Cílios quilométricos!!!

Minha nossa!! Pensou: O que seria isso?...rs... Uma caixa com um cílio enorme, que você vai cortando e usando em pedaços, colando no seu olho, para que você ganhe um olhar mais...??...rs... Não faço ideia e achei melhor não perguntar.

Ø Filha, e ahi... Como tá? – tentei outro “SMS”... Já procurando me adaptar...

Ø Nada ainda. Onde vc tá?

Ø Na loja aqui ao lado. Sua mãe está comprando “cílios quilométricos”.

Ø Aaaaaiiiii, pai... Pede para ela comprar p mim tb!!!!

Ø Tá, tá... Tenta ir mais rápido aí, tá... Estou querendo ir para casa.

Ø Tá, tá... bjo

E, após duas horas... dirigiam-se à saída do shopping...

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo