• Glauco Castro

à noite

Ao adormecer, devolvo as lembranças à prateleira da vida, para voltar a revirá-las, logo cedo, pela manhã.


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo